ODS-15

Vida Sobre a Terra: Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda de biodiversidade

Tamanho das áreas de habitat protegido¹ (hectares)

Mudar visualizacão:

1. As áreas citadas compreendem áreas destinadas para fins de conservação (Áreas de Preservação Permanente e Reserva Legal). A restauração na Fibria é feita de acordo com o Protocolo do Pacto pela Restauração da Mata Atlântica e o Laboratório de Ecologia e Restauração Florestal da Universidade de São Paulo (Lerf/USP). A empresa mantém parceria com governos estaduais para proteção de Unidades de Conservação. As variações nos números são decorrentes principalmente de mudanças na área de arrendamentos, parcerias e fomento, que podem oscilar de um ano para outro, e de compra de terra, principalmente na Unidade Três Lagoas, para a expansão da capacidade produtiva da fábrica.

Total de espécies ameaçadas

Mudar visualizacão:

Total de investimentos com proteção ambiental na área Florestal (R$)

Mudar visualizacão:

Área de conservação restaurada (hectares) – consolidado

Mudar visualizacão:

Área de conservação restaurada por unidade (hectares)

Mudar visualizacão:

Área florestal certificada (Cerflor/PEFC) (hectares) ¹

Mudar visualizacão:

1. A área contemplada pelos processos de certificação florestal leva em consideração a base florestal total na data da realização da auditoria de cada Unidade e não inclui 50% da Veracel.
2. A área não certificada abrange novos arrendamentos e regularização da documentação fundiária para inclusão futura na certificação. Em 2017 a Unidade Aracruz passou pelo processo de recertificação, revalidado por mais 5 anos - outubro/17 a setembro/22.
3. A área não certificada abrange novas terras adquiridas e arrendadas para a formação de florestas que abastecerão de madeira a nova linha de produção em Três Lagoas. Sobre a área certificada, anualmente a Fibria vem incluindo novas áreas no escopo de certificação. Em 2017, foram incluídos 26.086 hectares e retirados 1.545 hectares (repassado para gestão de fundos de investimentos).

Área florestal certificada (FSC) (hectares) ¹

Mudar visualizacão:

1. A área contemplada pelos processos de certificação florestal leva em consideração a base florestal total na data da realização da auditoria de cada Unidade e não inclui 50% da Veracel.
2. A área não certificada abrange novos arrendamentos e regularização da documentação fundiária para inclusão futura na certificação.
3. A área não certificada abrange novas terras adquiridas e arrendadas para a formação de florestas que abastecerão de madeira a nova linha de produção em Três Lagoas.
4. A certificação inclui as Licenças FSC®: FSC-C100042, FSC-C100704,
FSC-C110130, FSC-C104120 e FSC-C102372.
Texto explicativo: Em Três Lagoas anualmente a Fibria vem incluindo novas áreas no escopo de certificação. Em 2017, foram incluídos 26.086 hectares e retirados 1.545 hectares (repassado para gestão de fundos de investimentos).
Em 2017 a Unidade Aracruz passou pelo processo de recertificação, revalidado por mais 5 anos - outubro/17 a setembro/22.

Área florestal total certificada (hectares) ¹

Mudar visualizacão:

1. A área contemplada pelos processos de certificação florestal leva em consideração a base florestal total na data da realização da auditoria de cada Unidade e não inclui 50% da Veracel.
2. A área não certificada abrange novos arrendamentos e regularização da documentação fundiária para inclusão futura na certificação. Em 2017 a Unidade Aracruz passou pelo processo de recertificação, revalidado por mais 5 anos - outubro/17 a setembro/22.
3. A área não certificada abrange novas terras adquiridas e arrendadas para a formação de florestas que abastecerão de madeira a nova linha de produção em Três Lagoas. Sobre a área certificada, anualmente a Fibria vem incluindo novas áreas no escopo de certificação. Em 2017, foram incluídos 26.086 hectares e retirados 1.545 hectares (repassado para gestão de fundos de investimentos).

Índice de Desempenho Ambiental (IDA) ¹ – detalhado (%)

Mudar visualizacão:

1. O Índice de Desempenho Ambiental (IDA) é uma ferramenta de gestão que avalia a qualidade do produto com base em três indicadores: controle de poluição, prevenção à poluição e gestão ambiental, cada um com peso específico na composição final do índice.

Índice de Desempenho Ambiental (IDA) ¹ – consolidado (%)

Mudar visualizacão:

1. O Índice de Desempenho Ambiental (IDA) é uma ferramenta de gestão que avalia a qualidade do produto com base em três indicadores: controle de poluição, prevenção à poluição e gestão ambiental, cada um com peso específico na composição final do índice.

Índice de Desempenho Ambiental Geral (IDA) ¹ – por unidade (%)

Mudar visualizacão:

1. O Índice de Desempenho Ambiental (IDA) é uma ferramenta de gestão que avalia a qualidade do produto com base em três indicadores: controle de poluição, prevenção à poluição e gestão ambiental, cada um com peso específico na composição final do índice.

Descarte total de água nas operações industriais (m³)

Mudar visualizacão:

1. Tratamento: Lagoas de aeração (Biológico) e Destinação: Oceano Atlântico.
2. Tratamento: Lodo ativado duplo estágio e Destinação: Rio Paraíba do Sul.
3. Tratamento: Lodo ativado com aeração prolongada e Destinação: Rio Paraná.
4. Os valores de 2013 para Três Lagoas foram atualizados por uma revisão do cálculo.