findusnow.com

Suprimentos

A gestão na cadeia de suprimentos contempla critérios socioambientais em suas diferentes etapas

Avaliação de impactos ambientais na cadeia de fornecedores

Mudar visualizacão:

Avaliação de impactos sociais na cadeia de fornecedores ¹

Mudar visualizacão:

1. Impactos sociais incluem temas de direitos humanos, práticas trabalhistas e impactos em comunidades. O histórico não está disponível pois nos anos anteriores reportávamos os impactos sociais separadamente.

Consumo total de energia direta de fontes não renováveis (GJ)

Mudar visualizacão:

Consumo total de energia direta de fontes renováveis (GJ)

Mudar visualizacão:

Emissão de gases de efeito estufa provenientes da queima de biomassa (tCO₂eq)

Mudar visualizacão:

Emissão total de gases de efeito estufa ¹ (Escopos 1, 2 e 3) (tCO₂e)

Mudar visualizacão:

1. A Fibria reporta as emissões diretas de suas operações industriais e florestais (Escopo 1 - fontes de emissão de propriedade da organização ou controladas por ela), da importação de energia (Escopo 2 - emissões geradas pela produção de energia elétrica consumida nas operações florestais e industriais da empresa) e de outras fontes atribuíveis à empresa, como o transporte em veículos não pertencentes à frota própria ou não controlados operacionalmente pela empresa (Escopo 3 - fontes de emissão que não são de propriedade da organização nem controladas por ela), utilizados para exportação de produtos e viagens de trabalhadores.
2. Alguns dados foram atualizados.

Emissões de logística (celulose) (tCO₂eq)

Mudar visualizacão:

Emissões de NOx, SOx e outras emissões atmosféricas significativas (kg)

Mudar visualizacão:

wdt_ID Ano / Unidade NOx (emissões diretas) SOx (emissões diretas) Material particulado (MP) Outras (TRS)
1 2014 Aracruz 3.668.878,00 413.783,00 1.431.126,00 36.208,00
2 2014 Jacareí 655.576,00 364.296,45 625.440,13 18.442,74
3 2014 Três Lagoas 2.325.703,07 609.903,67 397.091,41 64.811,72
4 2015 Aracruz 3.196.438,92 492.310,14 927.601,75 42.798,68
5 2015 Jacareí 1.058.081,00 328.197,00 584.520,00 27.945,00
6 2015 Três Lagoas 1.997.353,60 74.900,76 287.119,58 49.933,84
7 2016 Aracruz 3.135.864,80 635.494,12 1.197.819,03 26.660,57
8 2016 Jacareí 1.159.813,59 256.019,82 480.020,00 22.330,00
9 2016 Três Lagoas 1.847.566,68 36.015,38 130.813,78 67.284,78
10 2017 Aracruz 2.282.219,19 362.602,53 1.200.265,73 26.242,51
Emissões de substâncias que destroem a camada de ozônio (kg)

Mudar visualizacão:

Emissões de substâncias que destroem a camada de ozônio

wdt_ID Ano / Unidade NOx (NO e NO₂) SOx (SO₂ e SO₃) Gás 141 B (SUVA) Gás 134 A (SUVA) Gás R-22 (FREON) Gás SUVA 404A, 407C e 410A
1 2014 Aracruz 3.668.878 413.783 60 0 544 111
2 2014 Jacareí 655.576 364.296 27 7 2.841 0
3 2014 Três Lagoas 2.325.703 609.904 0 0 119 0
4 2015 Aracruz 3.196.439 492.310 60 27 299 44
5 2015 Jacareí 1.058.081 328.197 245 9 5.039 0
6 2015 Três Lagoas 1.997.354 74.901 0 0 144 0
7 2016 Aracruz 3.135.865 635.494 0 272 993 90
8 2016 Jacareí 115.981.359 256.020 324 36 4.719 0
9 2016 Três Lagoas 184.756.668 36.015 40 82 422 0
10 2017 Aracruz 2.282.219 362.603 60 272 898 60
Emissões diretas de escopo 3¹ (toneladas de CO₂e)

Mudar visualizacão:

1. A Fibria reporta as emissões diretas de suas operações industriais e florestais (Escopo 1 - fontes de emissão de propriedade da organização ou controladas por ela), da importação de energia (Escopo 2 - emissões geradas pela produção de energia elétrica consumida nas operações florestais e industriais da empresa) e de outras fontes atribuíveis à empresa, como o transporte em veículos não pertencentes à frota própria ou não controlados operacionalmente pela empresa (Escopo 3 - fontes de emissão que não são de propriedade da organização nem controladas por ela), utilizados para exportação de produtos e viagens de trabalhadores.
2. Alguns dados foram atualizados.

Emissões específicas – consolidado (kg/tsa²)

Mudar visualizacão:

Emissões específicas (consolidado)

wdt_ID Ano / Unidade AOx Material particulado SO2 NOx TRS
1 2014 Aracruz 0,09 0,61 0,18 1,56 0,02
2 2014 Jacareí 0,05 0,58 0,34 0,60 0,02
3 2014 Três Lagoas 0,06 0,31 0,47 1,72 0,05
4 2015 Aracruz 0,08 0,40 0,21 1,37 0,02
5 2015 Jacareí 0,05 0,56 0,31 1,14 0,03
6 2015 Três Lagoas 0,07 0,23 0,06 1,60 0,04
7 2016 Aracruz 0,07 0,54 0,29 1,42 0,01
8 2016 Jacareí 0,03 0,47 0,25 1,13 0,02
9 2016 Três Lagoas 0,05 0,11 0,03 1,49 0,05
10 2017 Aracruz 0,07 0,54 0,16 1,02 0,01
Energia elétrica comprada (GJ)

Mudar visualizacão:

Energia elétrica comprada

1. Valor de 2016, para Jacareí, atualizado.

Intensidade de emissões de gases de efeito estufa¹ (toneladas de CO₂eq/tsa)

Mudar visualizacão:

1. Inclui escopos 1, 2 e 3. Gases considerados: CO₂, CH₄ e N₂O; "tsa" é a sigla para "tonelada seca ao ar"
2. Em 2017, a empresa iniciou a segunda linha de produção de celulose em Três Lagoas (MS). Nessa unidade também foi realizado o Overhaul do turbogerador aumentando o consumo de energia elétrica. Em contrapartida, também aumentamos o consumo de celulose. Além disso, adequamos os cálculos de emissões de biomassa, que vinham tendo uma dupla contagem em dos processos.

Número de fornecedores avaliados em relação a impactos na sociedade

Mudar visualizacão:

Percentual de fornecedores em adequação e com contratos encerrados por conta de impactos ambientais

Mudar visualizacão:

1. Racional para cálculo: empresas que passaram pelo processo de homologação e avaliação de desempenho em 2017, e que tiveram nota baixa (<80) no critério ambiental + auditoria in loco, em relação ao total de empresas que passaram pelo processo de homologação e avaliação de desempenho em 2017, e que tiveram nota baixa (<80) no critério ambiental com plano de ação.
2. Racional para cálculo: dos fornecedores que tiveram avaliação de desempenho inferior a nota 80, ou seja, que tiveram plano de ação, checagem se houve rescisão contratual por este motivo; e fornecedores que tiveram plano de ação na auditoria in loco que originaram rescisão contratual.

Percentual de fornecedores em adequação e com contratos encerrados por conta de impactos sociais ¹

Mudar visualizacão:

1. Impactos sociais incluem temas de direitos humanos, práticas trabalhistas e impactos em comunidades. O histórico não está disponível pois nos anos anteriores reportávamos os impactos sociais separadamente.

Percentual de fornecedores significativos que foram avaliados em direitos humanos¹

Mudar visualizacão:

1. São considerados fornecedores significativos para a Fibria aqueles com gasto anual acima de R$ 5 milhões, os que fornecem serviços que afetam o clima organizacional da empresa – os de alimentação, transporte ou plano de saúde – e aqueles que proveem insumos e matérias-primas essenciais para a fabricação do produto final (celulose). Os fornecedores reprovados no processo de homologação podem tentar uma nova avaliação. Se reprovados novamente, passam por análise da Comissão de homologação, que vai considerar todos os riscos que envolvem a contratação. A partir de 2015 todos os processos de homologação (exceto mudas e offshore) incorporaram o questionário de sustentabilidade.
2. Conforme recomendado em auditoria e expresso em Relatório do ciclo anterior, estamos considerando apenas os investimentos significativos de 2017, referentes à expansão da segunda linha de produção de celulose de Três Lagoas (MS).

Percentual de fornecedores significativos que foram recusados, exigiram condições de desempenho ou sujeitos a outras ações, como resultado de avaliação em direitos humanos ¹

Mudar visualizacão:

1. São considerados fornecedores significativos para a Fibria aqueles com gasto anual acima de R$ 5 milhões, os que fornecem serviços que afetam o clima organizacional da empresa – os de alimentação, transporte ou plano de saúde – e aqueles que proveem insumos e matérias-primas essenciais para a fabricação do produto final (celulose). Os fornecedores reprovados no processo de homologação podem tentar uma nova avaliação. Se reprovados novamente, passam por análise da Comissão de homologação, que vai considerar todos os riscos que envolvem a contratação. A partir de 2015 todos os processos de homologação (exceto mudas e offshore) incorporaram o questionário de sustentabilidade.
2. Conforme recomendado em auditoria e expresso em Relatório do ciclo anterior, estamos considerando apenas os investimentos significativos de 2017, referentes à expansão da segunda linha de produção de celulose de Três Lagoas (MS).

Percentual de gastos com fornecedores locais ¹

Mudar visualizacão:

1. São considerados fornecedores locais, aqueles constituídos na mesma localidade das unidades. Critérios: (i) unidade Aracruz: são considerados os fornecedores constituídos nos Estados do Espírito Santo e Bahia; (ii) unidade Jacareí: são considerados os fornecedores constituídos no Estado de São Paulo; e, (iii) unidade Três Lagoas: são considerados os fornecedores constituídos no Estado do Mato Grosso do Sul.
2. Especificamente para as compras de H2, tivemos em 2016: 28,7% e em 2017: 25,4%.

Percentual de novos fornecedores selecionados com base em critérios ambientais

Mudar visualizacão:

1. Total de fornecedores cadastrados em 2017 que foram avaliados (aprovados e reprovados) no quesito Ambiental versus o total de fornecedores cadastrados em 2017 que passaram por homologação. Base de empresas cadastradas em 2017 conforme lista CSC com CNPJ raiz.
2. Total de fornecedores cadastrados em 2017 que foram aprovados na homologação no quesito Ambiental versus o total de fornecedores cadastrados em 2017 que passaram por homologação. Base de empresas cadastradas em 2017 conforme lista CSC com CNPJ raiz.

Percentual de novos fornecedores selecionados com base em critérios sociais

Mudar visualizacão:

1. Racional para cálculo: total de fornecedores cadastrados no ano que foram avaliados (aprovados e reprovados) no quesito Sustentabilidade e HSMT versus o total de fornecedores cadastrados no ano que passaram por homologação. Base de empresas cadastradas em 2017 conforme lista CSC com CNPJ raiz..
2. Racional para cálculo: total de fornecedores cadastrados no ano que foram aprovados na homologação (aprovado e aprovado comissão) e avaliados no Sustentabilidade e HSMT versus Total de fornecedores cadastrados no ano que passaram por homologação. Base de empresas cadastradas em 2017 conforme lista CSC com CNPJ raiz.

Quadro resumo – Inventário Carbon Footprint (tCO₂eq)

Mudar visualizacão:

Quantidade de resíduos não perigosos nas operações industriais, conforme o tipo de disposição final (toneladas)

Mudar visualizacão:

Quantidade de resíduos não perigosos, conforme o tipo de disposição final

wdt_ID Ano / Unidade Reúso Reprocessamento/reciclagem¹ Compostagem Aterro interno Aterro externo Outros
1 2014 Aracruz 517.129,26 109.036,19 14.000,21 98.613,77 0,00 11.465,19
2 2014 Jacareí 32.268,00 57.401,00 0,00 0,00 31.063,00 363,18
3 2014 Três Lagoas 0,00 80.812,00 0,00 46.671,00 0,00 0,00
4 2015 Aracruz 578.780,90 115.657,89 0,00 93.644,67 0,00 9.046,44
5 2015 Jacareí 62.492,50 65.014,98 0,00 0,00 106.464,54 608,57
6 2015 Três Lagoas 0,00 62.182,00 0,00 38.664,00 0,00 0,00
7 2016 Aracruz 509.217,32 76.836,65 0,00 77.933,26 0,00 11.194,33
8 2016 Jacareí 40.952,33 84.198,48 0,00 0,00 65.266,35 1.272,92
9 2016 Três Lagoas 0,00 92.131,00 0,00 40.946,00 0,00 0,00
10 2017 Aracruz 517.465,64 90.038.240,00 0,00 71.899,00 0,00 9.494,93

1. Sobre o aumento nos valores de reciclagem, em 2017: reciclamos 7,4 mil toneladas de lama de cal a mais em relação em 2016 pois conseguimos desenvolver um cliente da área de cerâmica que utilizava calcário e agora passa a comprar nossa lama de cal, isso nos possibilitou alavancar o número de reciclagem da lama em 2017; geramos 4,8 mil toneladas a mais de areia nas caldeiras, que foram integralmente reciclados e portanto aumentando a reciclagem em relação a 2016.; e aumentamos a venda de rejeitos (branco e marrom) em 2017. São rejeitos fibrosos que saem do processo em determinado momento, um nas peneiras do digestor (Rejeito marrom) e o outro na secagem durante a passagem pelo filtro de fibras (rejeito branco). Essas fibras são vendidas para fábricas de papéis para utilização na fabricação de papéis menos nobres.

Quantidade de resíduos perigosos nas operações industriais, conforme o tipo de disposição final (toneladas)

Mudar visualizacão:

Quantidade de resíduos perigosos, conforme o tipo de disposição final

wdt_ID Ano / Unidade Rerefino Reprocessamento/reciclagem Coprocessamento Incineração Aterro interno Aterro externo (Classe I)
1 2014 Aracruz 118,80 0,00 0,19 0,00 0,00 127,34
2 2014 Jacareí 25,67 6,36 86,89 0,34 0,00 52,00
3 2014 Três Lagoas 17,79 10,79 53,90 0,00 0,00 0,19
4 2015 Aracruz 113,06 0,00 24,14 0,00 0,00 57,55
5 2015 Jacareí 24,70 4,44 41,35 0,26 0,00 0,00
6 2015 Três Lagoas 24,87 0,70 79,88 0,00 0,00 0,11
7 2016 Aracruz 137,70 0,00 0,33 0,00 0,00 49,81
8 2016 Jacareí 23,29 0,58 0,00 0,20 0,00 0,00
9 2016 Três Lagoas 10,50 1,50 88,05 0,00 0,00 0,22
10 2017 Aracruz 192,51 0,00 12,51 0,00 0,00 70,79
Quantidade e disposição de resíduos gerados nas operações industriais (toneladas)

Mudar visualizacão:

Resíduos sólidos industriais enviados para aterros (kg/tsa)

Mudar visualizacão:

Resíduos sólidos industriais reaproveitados (%)

Mudar visualizacão:

Sequestro florestal (tCO₂eq)

Mudar visualizacão:

Total de emissões sem a queima de biomassa (tCO₂eq)

Mudar visualizacão:

Total de empregados terceiros¹

Mudar visualizacão:

1. O conceito utilizado de terceiros permanentes inclui: Terceiros fixos (acesso de forma contínua, com frequência igual ou acima de 20 horas semanais); e Contratos Permanentes (atividade contínua e ininterrupta, contrato de prazo de execução de 12 meses, faturamentos mensais, frequência constante). Exemplos: vigilância patrimonial e florestal; limpeza e conservação predial; manutenção em paisagismo; manutenção elétrica e instrumentação da fábrica. Não temos informações do número de terceiros por gênero. Não há terceiros nos escritórios internacionais.
2. Unidade vendida em 2012.
3. Inclui Capão Bonito

Total de energia elétrica consumida dentro e fora da organização (GJ)

Mudar visualizacão:

Total de energia elétrica gerada, consumida, comprada e exportada (MWh/tsa)

Mudar visualizacão:

Total de energia elétrica importada, gerada, exportada, consumida e plantas int. (MWh/ano)

Mudar visualizacão:

Variação da emissão de gases de efeito estufa provenientes da queima de biomassa (%)

Mudar visualizacão:

wdt_ID Ano Aracruz Jacareí Três Lagoas Total
1 2015/2013 3 -1 8 4
2 2016/2014 -17 -21 -3 -14
3 2016/2015 -18 -19 -9 -16
4 2017/2015 -35 -35 6 -24
5 2017/2016 -21 -19 16 -10
Variação das emissões diretas de escopo 3 ¹ (%)

Mudar visualizacão:

1. A Fibria reporta as emissões diretas de suas operações industriais e florestais (Escopo 1 - fontes de emissão de propriedade da organização ou controladas por ela), da importação de energia (Escopo 2 - emissões geradas pela produção de energia elétrica consumida nas operações florestais e industriais da empresa) e de outras fontes atribuíveis à empresa, como o transporte em veículos não pertencentes à frota própria ou não controlados operacionalmente pela empresa (Escopo 3 - fontes de emissão que não são de propriedade da organização nem controladas por ela), utilizados para exportação de produtos e viagens de trabalhadores.

Variação do total de emissões sem a queima de biomassa (%)

Mudar visualizacão:

Variação do total de emissões sem a queima de biomassa

wdt_ID Ano Aracruz Jacareí Três Lagoas Total
1 2015/2013 0 -7 -25 -8
2 2016/2014 -28 -19 -31 -26
3 2016/2015 -14 -7 -12 -12
4 2017/2015 -4 -5 43 6
5 2017/2016 12 2 50 17